Nosso melhor cartão de visitas é o nosso trabalho, onde oferecemos total qualidade e segurança para seu veículo além de uma equipe técnica altamente preparada, equipada e responsável.

Com total apoio de nossos clientes após um trabalho bem realizado onde nos dedicamos ao máximo, fica evidente o profissionalismo e rapidez no que fazemos. Nossa meta é sempre atingir a total satisfação para cada cliente oferecendo a melhor qualidade em serviços de Guincho e Reboque 24 horas.

Serviços 24 horas de transporte ou remoção de automóveis como: motos, carros, vans, utilitários leves, máquinas, equipamentos e empilhadeiras em todas as regiões da Capital São Paulo, Grande São Paulo, ABC paulista, Interior e Litoral.

Nós, da Guincho 24 horas Tibiriçá, trabalhamos com equipamentos adequados para realizar o resgate de veículos. Oferecemos também serviço de guincho na zona norte, sul, leste e oeste de São Paulo com uma equipe altamente qualificada.

*Aceitamos cartões! Ligue agora ou nos envie um WhatsApp (11) 97562-6502

Chegamos com agilidade e trabalhamos com responsabilidade!

Serviços de Guincho 24 horas EM DIADEMA:

Guincho para Carros (veículos de passeio)
Guincho para Motos
Guincho para utilitários (leves e pesados)
Reboque para Caminhão
Reboque para Ônibus
Reboque para Vans
Serviço de apoio de remoção em local de difícil acesso

Informativo dos Guincheiros:

Guinchos são acionados a toda hora e em todo lugar. Mesmo onde há rodízio municipal. Desde 30 de junho os caminhões estão proibidos de circular numa área de 151 km², na chamada Zona de Máxima Restrição de Circulação. A restrição é válida de segunda a sexta entre 5h e 21h e sábados das 10h às 14h.

O Guincho 24 horas Tibiriçá atende também EM DIADEMA, e por ser socorro mecânico de emergência, está livre de multa por lei.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), cada veiculo quebrado costuma provocar um congestionamento superior a 2 km em apenas 15 minutos na cidade. Se o serviço de Guincho ou Reboque não agir rápido, a situação fica muito pior em pouco tempo. Só que, com tanta multa aplicadas indevidamente, já tem motorista pensando em largar o ofício de prestador de serviço de guincho.

O leitor automático de placas que funciona junto a um radar fixo ou uma lombada eletrônica é o responsável pelas multas. O equipamento lê o final das placas, bate a foto e depois o dono do veículo recebe a notificação.

Já os Veículos Urbanos de Carga (Vucs), caminhões com até 6,3 metros de comprimento, precisam obedecer a um rodízio de placas. Nos dias pares, circulam placas com finais pares e dias ímpares, com finais ímpares.

Em nota, a CET informou que os donos de Guinchos para atuar na deveriam ter feito um cadastramento, via internet, para ficar fora do rodízio de caminhões. Mesmo assim, os motoristas não ficarão livres das multas já aplicadas e dos pontos na carteira.